MÉTODO TOTAL RESET®

Em https://www.total-reset.fr/methode/la-methode-total-reset.html

Um método na encruzilhada das abordagens ocidentais e orientais

Há muito que é conhecida a importância do estado psico-emocional de uma pessoa no desencadear de reacções alérgicas. É fundamental poder oferecer uma solução que tenha em conta essa dimensão, para além dos cuidados ao nível físico.

O método Total Reset® apoia o sistema imunitário passo a passo e explora novas vias que permitem uma abordagem global e única no tratamento e acompanhamento da pessoa. Contribui também para libertar de perturbações como alergias, intolerâncias alimentares e ambientais.

Conceitos utilizados e legenda da imagem: (termos dentro das circunferências) coloridas):

  • Meridianos - Medicina chinesa
  • Bioquímica
  • Dietética - Nutrição
  • Epigenética
  • Sistema Neuroendócrino - Chacras
  • Teoria Geral dos Sistemas
  • Terapia Manual
  • Emoções
  • Quinesiologia
  • Alimentos & Famílias de alergénios

Ajudando o organismo a digerir, assimilar e eliminar diferentes substâncias (alimentares ou ambientais), favorece-se o desaparecimento de certos problemas físicos do indivíduo. O mesmo acontece com as perturbações psicoemocionais associadas. Por exemplo, o glúten do trigo moderno parece ter um impacto poderoso no cérebro e favorecer a depressão, segundo um estudo realizado na Universidade de Monash, na Austrália*.

O meio ambiente e a evolução do indivíduo são dados primordiais a ter em conta, no retorno, ou na manutenção, de uma melhor saúde.

Esta é uma abordagem integrativa baseada nas teorias da medicina chinesa: o corpo é um sistema aberto. A circulação energética faz-se nos meridianos de acupunctura e em relação com os órgãos e as funções dos diferentes sistemas.

O contacto com um alergénico pode provocar um bloqueio ou uma estagnação da energia mais ou menos forte dos meridianos. O que pode ser o prelúdio para uma patologia, conforme o cérebro tenha uma percepção errada (ou não) desta substância.

  • Considerando o corpo um sistema ou conjunto, é necessário ter em conta a constituição do indivíduo e a sua exposição pessoal a diferentes alergénios.
  • A epigenética confere uma especificidade ao indivíduo ao longo da vida. Não há uma leitura única à nascença, mas antes uma expressão dos genes que se alteram em função do meio ambiente e da história da pessoa. Esta adaptação faz-se em função das escolhas, do modo de vida, da higiene pessoal de cada um, assim como da sua exposição, ou não, a substâncias tóxicas e nocivas.
  • Será preciso, por isso, reforçar as substâncias de base que constituem o terreno e, em seguida, equilibrar os alergénios pessoais implicados nas perturbações sentidas até à plena resolução do problema e até ao restabelecimento da homeostasia.

É preciso ter em conta as diferentes famílias botânicas: trabalhar sobre as mesmas famílias botânicas permite pôr em evidência alergias cruzadas. O tratamento será ainda mais global e mais eficaz.

Por exemplo: se as cebolas desencadeiam reacções alérgicas, é quase certo que equilibrar igualmente substâncias da mesma família como o alho, o cebolinho ou o alho-francês permitirá uma "desenssibilização" muito maior. Isso deverá garantir um desaparecimento mais durável dos sintomas.

Uma abordagem global em dois tempos

Total RESET® utiliza um tratamento em dois tempos:

Equilibrando as substâncias essenciais do quotidiano que constituem o terreno, segundo uma ordem de prioridade bem estabelecida e validada. Este trabalho permite a tolerância a essas substâncias e reforça o metabolismo geral, assim como o sistema imunitário, dando ao corpo a possibilidade de reencontrar a energia necessária à cura.

Fazendo reequilíbrios complementares personalizados, se for necessário. Esses tratamentos suplementares podem então regular as manifestações recalcitrantes de ordem física, alimentar ou psico-emocional.

Uma sessão:

Para libertar o fluxo harmonioso da energia, que é sinónimo de uma saúde muito melhorada, Total RESET® utiliza:

  • O teste muscular: a detecção, e reequilíbrio das substâncias alergénias ou perturbadoras da energia, faz-se graças às técnicas da cinesiologia e da medicina energética chinesa. Através desse teste, o terapeuta procede à pesquisa e identificação do, ou dos, alergénios.
  • A acupressão: (terapia manual que utiliza os princípios da medicina chinesa e da acupunctura). Enquanto o paciente está em contacto com um alergénio, o terapeuta estimula diferentes pontos das costas para restabelecer uma circulação energética global, mas sobretudo corrigindo uma percepção errada do cérebro perante uma dada substância:
  • equilibrando o sistema neurovegetativo
  • trabalhando por acupressão sobre os meridianos duma parte e doutra, sobre os centros energéticos.
  • fazendo uma abordagem suave e relaxante que não utiliza medicamentos nem técnicas invasivas.

 Em seguida, e para a fase de relaxamento / integração que permite ao cérebro voltar a tratar a informação de forma positiva, como num RESET informático, a pessoa deve:

  • ficar 20 minutos em contacto com a substância e ficar calma;
  • seguir uma dieta particular: durante apenas um dia (24 a 26h após a sessão);
  • evitar o grupo que foi equilibrado. O corte para crianças muito pequenas é mais curto.

 Na sessão seguinte verifica-se que a tolerância à substância ficou adquirida. Procura-se consolidar esta primeira etapa e, se tudo estiver ok, passa-se ao grupo seguinte.

O número de sessões necessárias define-se em função da avaliação inicial de cada pessoa. Uma sessão dura em média 45m /1h, sem ser necessário que o paciente se dispa.

Interações do Leitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *