MASSAGEM AYURVEDA

(ver também MASSAGEM ABHYANGA)

Por Caroline Morel

Em https://www.annuaire-therapeutes.com/index-des-disciplines

A massagem ayurvédica, um tratamento para reequilibrar a circulação da energia vital.

A massagem ayurvédica é um tratamento energético com origem na medicina tradicional indiana, a ayurveda. Esta massagem é praticada desde há milhares de anos enquanto terapia corporal para corrigir tanto os desequilíbrios físicos como os emocionais. A sua acção inclui também a drenagem das toxinas, favorecendo a eliminação. A medicina ayurvédica baseia-se na teoria dos três temperamentos (kapha, pita e vata) que correspondem a características psíquicas e psicológicas da pessoa. Estes temperamentos, designados por doshas, estão presentes em todos nós em proporções variáveis. É o equilíbrio dinâmico entre os três temperamentos que vai proporcionar uma boa saúde.

Desta forma, a massagem ayurvédica apresenta-se como um tratamento individualizado em função da constituição do paciente. Dependendo da zona do corpo que será trabalhada, a massagem ayurvédica tem nomenclaturas distintas. Na cara, designa-se por Siro Dara, no corpo Abhyanga e quando se baseia apenas na planta dos pés é a Kansu.

A massagem ayurvédica completa do corpo é o tratamento que vai procurar restabelecer a circulação livre e harmoniosa da energia vital, o “prana” em ayurveda. O terapeuta vai actuar sobre os “nadis”, isto é, os canais energéticos e sobre os “chackras” que são os pontos de convergência dos “nadis”.

Porquê e para quem?

Para além de proporcionar um momento relaxante e apaziguador que vai permitir uma maior consciência corporal, a massagem ayurvédica suaviza a pele, revitaliza a circulação energética sanguínea e linfática, ajuda a eliminar as tensões musculares e a libertar toxinas. É particularmente recomendável para as pessoas que sofrem de stress e de nervosismo. Permite tonificar os músculos e libertar as articulações. Relaxa o sistema nervoso e pode ajudar em algumas perturbações do sono. Melhora o bem-estar de uma forma geral. A massagem ayurvédica é desaconselhada a pessoas com problemas dermatológicos, não é recomendada na gravidez, em problemas de hipertensão ou noutras doenças cardíacas. Em caso de dúvida, peça opinião médica.

Como se processa a massagem?

Na primeira sessão, o terapeuta começa por colocar uma série de perguntas que lhe permitam aferir o dosha dominante. Depois escolhe um óleo de massagem que corresponda a esse dosha. O paciente deita-se num fino colchão junto ao chão, ou numa marquesa, em roupa interior e é coberto por um lençol nas zonas que não vão ser massajadas de imediato. Todo o corpo é massajado, de acordo com um protocolo bem definido, segmento por segmento, exceptuando as zonas íntimas. O terapeuta tem várias possibilidades de toque que serão ajustadas ao paciente e ao respectivo dosha: afloramento com as pontas dos dedos, deslizamento, batimentos, amassamentos, fricção, vibração, pressão. Pode também ser proposto ao paciente fazer alguns exercícios de respiração ou de meditação durante a própria massagem.

No final da sessão, o paciente é frequentemente convidado a beber uma tisana para ajudar a eliminar as toxinas. Uma massagem Abhyanga dura entre uma hora a uma hora e meia.

Interações do Leitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *