LITOTERAPIA

(equivalente de Cristaloterapia e de Terapia com Cristais)

Por Caroline Morel

Em https://www.annuaire-therapeutes.com/index-des-disciplines

Litoterapia: da pedra ao homem através das ondas electromagnéticas

Na arte da cura, a litoterapia é uma das práticas mais antigas. Como nas plantas, é sabido empiricamente que as pedras têm efeitos nos seres humanos. Nas enciclopédias, as histórias ou poemas mais antigos, já encontramos vestígios do uso de pedras pelas suas virtudes terapêuticas. Os egípcios adicionaram pó de lápis-lazúli para o tratamento da febre, os ameríndios usaram a obsidiana para se proteger das ondas negativas e, na Idade Média, o colar de água-marinha foi usado para tratar a dor de dentes.

A nossa sensibilidade às pedras é explicada pelo facto de que somos naturalmente compostos por minerais como ferro, cálcio, cobre, magnésio ou potássio. Como todos os elementos da natureza e como os homens, as pedras são feitas de átomos e electrões cujas interacções libertam energia e são caracterizadas por fenómenos vibratórios ou electromagnéticos. Os minerais, portanto, têm uma energia que ressoa no nosso corpo através das ondas vibratórias que emitem. Uma troca de informações é, então, criada entre as ondas emitidas pelas pedras e o campo electromagnético do nosso organismo. Dependendo da sua composição, cor e estrutura, cada pedra possui virtudes específicas que podem ajudar uma parte do corpo a regular-se e a encontrar o seu equilíbrio funcional. Cada pedra simboliza um estado psíquico particular.

Por exemplo, o quartzo rosa é a pedra do amor incondicional, que melhora os relacionamentos emocionais e ajuda a recuperar em caso de desgosto de amor. O vermelho granada ajudará a regular a energia sexual e a desenvolver a criatividade. A calcita azul tem propriedades anti-stress. A cornalina será a pedra da mulher, para desenvolver a intuição. A ametista é a pedra de reconciliação com o pai: equilibra o relacionamento com a autoridade. Finalmente, a amazonita é a pedra que pode superar as feridas emocionais.

Uma sessão para quem e para quê?

A litoterapia é uma terapia holística que visa re-harmonizar o sistema energético para aliviar qualquer disfunção física, psíquica ou emocional. Actua principalmente no campo das emoções, permitindo a libertação dos nós psíquicos e apoia o despertar necessário à evolução.

Pela sua composição química e física, cada pedra tem a sua própria vibração que penetra no corpo activando as portas de energia: os chakras. Assim, pode actuar na libertação de tensão muscular, na libertação emocional ou no apaziguamento mental.

Em suma, as virtudes e as forças energéticas dos minerais ajudam a combater estados psicológicos e emocionais indesejáveis, como o stress, problemas de concentração, medos ou falta de confiança. A litoterapia reequilibra e vitaliza o corpo e a mente, harmoniza o sistema de energia, dissolve bloqueios, liberta emoções, alivia a tensão e liberta os potenciais dentro da pessoa.

Além das sessões com um terapeuta, a litoterapia é usada na vida quotidiana: fazer-se acompanhar da sua pedra de eleição actuará em profundidade nos problemas espirituais e psíquicos. É uma questão de integrar pouco a pouco a energia contida na pedra.

Deve também "recarregar" as pedras. De facto, a energia presente nas pedras acaba gradualmente por se esgotar. Para isso, é necessário deixar as pedras numa tigela de água, de preferência desmineralizada, e expô-las aos raios de sol e da lua por um dia e uma noite. Se este protocolo não funcionar, existe a possibilidade de "purificar" as pedras enterrando-as no chão, num local calmo e pacífico, pelo menos por duas semanas para as pedras pequenas e até 2 meses para as pedras maiores.

Condução de uma sessão

O terapeuta começa com uma entrevista e um balanço energético que lhe permitirá escolher os minerais apropriados para a terapia. Então, o paciente deita-se, geralmente numa marquesa. É aconselhável usar roupas soltas e confortáveis durante o tratamento e remover os objectos de metal: relógio, pulseira, jóias, óculos. O terapeuta coloca as pedras nos principais centros de energia, nos chacras e na periferia do corpo, para reforçar a acção dos cristais de contacto e trabalhar sobretudo nas camadas energéticas. Uma sessão dura de uma hora a uma hora e meia.

Em geral, as pessoas experimentam calor e/ou formigueiro na área tratada, mesmo sem contacto. Os efeitos mais imediatos sentidos são um estado de relaxamento profundo e uma sensação geral de bem-estar, embora possam ocorrer descargas emocionais. Também pode haver dor localizada, sinalizando uma crise de cura. Mas desaparecem espontaneamente ou diminuem no final da sessão. No final da sessão, é necessário um período de descanso.

Interações do Leitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *